Nós vivemos em um mundo globalizado, onde tudo está ligado a tudo. Desde aproximadamente 30 anos atrás, surgiu o boom da tecnologia, e realmente esse progresso parece não ter limite. Hoje, qualquer empresário pode fechar um contrato com pessoas na China pela manhã, ao meio dia ter uma reunião com os acionistas de Estados Unidos, e à noite ter uma conferência com potenciais clientes em qualquer parte da Europa, e tudo sem a necessidade de sair de seu escritório. As possibilidades oferecidas pela tecnologia são incríveis, e é por isso que temos que aproveitar esta oportunidade, que as gerações anteriores não tinham. No mundo capitalista em que vivemos, precisamos investir para ganhar. Obviamente que qualquer investimento envolve risco, mas não devemos ter medo de esse risco. Pelo contrário, devemos analisar a situação perfeitamente possível para reduzir a incerteza e evitar, tanto quanto possível, os riscos de qualquer investimento. Uma vez que temos o nosso plano de projeto, e já decidiu fazer o investimento, temos que buscar alternativas de financiamento. Estes podem ser tanto próprias como de terceiros, mas para começar um novo negócio é improvável que seja capaz de um financiamento próprio. Por este motivo é que cada vez mais são as possibilidades oferecidas pelo mercado com relação às fontes de financiamento por terceiros. Estes podem tanto os bancos como as instituições financeiras e cada pessoa devem estudar os serviços prestados por cada um e decidir pelo melhor. Ao momento de estudar as opções, o principal é avaliar nossos pontos fortes. Analisar nossas receitas e, essencialmente, ver qual é a opção mais barata e acessível para o nosso bolso.

Ao momento de analisar os empréstimos oferecidos pelas fontes de financiamento de terceiros, existem, em geral, três tipos categorias. Os empréstimos para uma pessoa em partícula, os empréstimos para tanto pequenos como grandes empresários, e por último, os empréstimos para as pessoas que trabalham em relação com o setor público, tanto ao nível federal, estadual como municipal. Em este artigo em particular vamos a analisar a categoria mais desconhecida pela maioria das pessoas: Os empréstimos para os servidores públicos.

Existem diferentes tipos de empréstimos para o setor público, mais em este último tempo os maiores bancos do país estão oferecendo empréstimos realmente baratos e accessíveis para o setor público estadual.  Um servidor público estadual é toda pessoa que exerce cargo ou função pública em um Estado em particular. Os empréstimos com mais benefícios oferecidos pelos bancos são em especial créditos consignado para servidor público estadual, ou seja, empréstimos que quando o dinheiro é entregado, as parcelas são descontadas automaticamente de a conta pessoal do cliente. Os bancos preferem estes tipos de empréstimos devido a que são mais seguros porque a cobrança das parcelas é automática.

Sem dúvida o banco que oferece o crédito consignado para servidor público estadual mais barato é o Banco Santander. Este banco oferece empréstimos consignados unicamente para os servidores públicos, e para obter este tipo de empréstimo unicamente é necessário apresentar um documento de identidade e um comprovante de renda. Você poderá obter um empréstimo de até 20000 reais com uma taxa de juro de apenas 1,93% com um financiamento em até 48 parcelas onde serão descontadas diretamente de seu salario, sendo muito mais prático. Aproveite esta oportunidade única, se você pensa em um crédito consignado para servidor público estadual, você pensa em Santander.